Stephen King – O Mestre do Terror

Hoje, 21 de setembro, é o aniversário de Stephen King. E como fã desse que é conhecido como o melhor autor do gênero suspense/terror, eu não poderia deixar de prestar essa singela homenagem, contando um pouco sobre a sua vida.

Primeiramente, dedico esse post ao criador do blog, Wesley, e a Melissa de Sá, do blog Livros de Fantasia, que são tão loucos por Stephen King quanto eu😀.

Stephen Edwin King, nasceu no ano de 1947, em Portland, no estado americano do Maine. É o segundo filho do casal Donald e Nelli Ruth Pillsbury King.  Quando Stephen era ainda muito pequeno seus pais se separaram. Rumores a respeito da separação dos pais de Stephen King dizem que Donald King fugiu para o Brasil atrás de sua amante. Outros dizem que Donald deixou a família para viver com uma brasileira que morava nos Estados Unidos na ocasião. O fato é que o autor realmente nunca veio ao Brasil e já recusou diversos convites para visitar o país, apesar de já ter dito que adora os fãs brasileiros.

Após a separação dos pais, Stephen, sua mãe e seu irmão mais velho, David, passaram a morar em diversos locais, como Indiana e Connecticut, mas o destino os fez voltar ao Maine. O motivo da volta, foram os avós de Stephen que estavam muito velhinhos e precisavam de alguém para cuidar deles. Ruth King então passou a cuidar dos filhos e dos pais, recebendo ajuda financeira dos tios de Stephen. Nesse período, a família morou em Durham, Maine.

Também foi nesse período que algo trágico aconteceu na vida de Stephen King. Ele testemunhou a morte de um amigo que ficou preso nos trilhos do trem. Alguns acreditam ter sido esse o fato que despertou as idéias macabras do escritor. Mas na verdade, Stephen já era fã de revista em quadrinhos, livros e filmes de terror. O seu interesse pelo mundo do suspense/terror começou após ele encontrar uma caixa cheia de livros de fantasia e terror que pertenceu ao seu pai.

Stephen King em 04 de julho de 1952

Stephen então começou a escrever suas próprias estórias e, com a ajuda do irmão, fazia cópias e as vendia aos amigos. Seus contos eram inspirados nos Contos da Cripta (Tales from the Crypt).

Stephen King por volta de 1967

Após se formar na Lisbon Falls High School em 1966, Stephen entrou para a Universidade do Maine, onde se graduou em Inglês em 1970. Durante a época da faculdade, escreveu muitos contos que ajudaram a custear os seus estudos e serviram de inspiração para os romances do autor.

Em janeiro de 1971, Stephen se casa com a também escritora Tabitha Spruce.

Mesmo após concluir a faculdade e escrevendo os seus contos, o recém casado Stephen King, encontra dificuldades para conseguir emprego como professor de inglês. O jeito é trabalhar em uma lavanderia e nas horas vagas continuar escrevendo as suas estórias. Muitas das estórias são vendidas para revistas masculinas e ajudam no orçamento da família, que morava em um trailer.

Em meados de 1971, Stephen consegue trabalho na Hampden Academy, no Maine.  Stephen continua escrevendo os seus contos a noite e nos finais de semana. O autor passa dos contos aos romances.

Em 1973, Stephen recebe uma grande notícia, o seu romance Carrie é aceito pela Editora Doubleday & Co. e publicado em 1974.  A venda do livro rendeu bem mais que o esperado. Somente com o valor adiantado, Stephen pode se mudar com a família primeiro para o sul do Maine, por causa da saúde de sua mãe. Ruth King. Lá o autor começou a escrever seu segundo romance, Second Coming. O nome foi mudado para Jerusalem’s Lot, mudado novamente para Salem’s Lot (A Hora do Vampiro). Nesse mesmo período a mãe de Stephen morre de câncer aos 59 anos de idade.

A família se muda então para o Colorado, onde Stephen escreveu O Iluminado, que se passa no Colorado. Em 1975, voltando ao Maine, Stephen finaliza The Stand (A Dança da Morte).

Hoje, após mais de 50 livros publicados em mais de 40 línguas, o autor vive com sua esposa em Bangor, Maine e também na Flórida. O casal tem três filhos: Naomi Rachel, Joe Hill, também escritor, e Owen King.

O autor e mais uma de suas paixões o Rock N’Roll

Os livros dos autor atraem não só pelo gênero, mas também pelo fato do autor conseguir mexer com o nosso imaginário através de uma escrita simples. E também pela forma como autor trata as relações pessoais, o modo como cada ser humano se comporta quando posto em situações extremas e de desespero. Outro ponto interessante nas obras do autor é a crítica ao já falido American Way of Life.

Muitos dos romances e contos do autor foram escritos sob o pseudônimo Richard Bachman. E um de seus livros, Fúria, teve a publicação proibida pelo próprio autor, após o livro ter sido encontrado no armário de um dos autores do massacre de Columbine.

Um outro momento bem dramático da vida do autor aconteceu em 19 de junho de 1999. Stephen fazia sua habitual caminhada quando foi atropelado por uma van. O autor sofreu várias fraturas nas pernas e quadris. O motorista alegou ter sido distraído pelo seu cachorro enquanto dirigia. O acidente foi aproveitado pelo autor em um dos livros da Torre Negra e também na série Kingdom Hospital.

A maioria dos livros do autor já foram adaptados para o cinema e para a televisão. O bacana é que o próprio autor fez participações especiais em algumas das adaptações: em Cemitério Maldito (Padre), A Dança da Morte (um dos sobreviventes que vai até Mãe Abgail), Rose Red (entregador de pizza), no remake de O Iluminado, nos Simpsons, em A Tempestade do Século (repórter/advogado), em A Maldição do Cigano, na série Kingdom Hospital (John B. Goode). A última aparição foi em 2010 na série Sons of Anarchy, onde interpretou Richard Bachman.

Stephen King também concorreu a vários prêmios literários, saindo vencedor em muitos deles, conforme pode ser conferido acessando o link: http://www.stephenking.com/awards.html.

Dentre as obras mais importantes destaque para Carrie, a estranha; A Hora do Vampiro, O Iluminado, The Stand, que ganhou uma versão mais longa em 1990; A Coisa; Angústia; a série A Torre Negra; Desespero; A Zona Morta; Buick 8; Insônia; Saco de Ossos; O Talismã; A Casa Negra. Para ver a lista completa clique aqui (pelo link também é possível ver os livros de contos lançados pelo autor e todos os filmes e séries de TV baseados em suas obras).

Bem valeu por ter lido este post enorme. Espero que tenha sido do seu agrado, pois foi uma forma de homenagear o meu escritor favorito.

Fonte/Fotos: http://www.stephenking.com/index.html.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Romance, Stephen King, Suspense/Terror e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Stephen King – O Mestre do Terror

  1. Melissa disse:

    Deixei o comentário no Facebook, mas acho válido deixar aqui também. Achei que o post ficou ótima, até divulguei!

    O Stephen King é um dos maiores escritores vivos. O cara tem uma imaginação horripilante (em todos os sentidos rs).

    Agora eu não sabia dessa do Brasil! Ele é tipo meio traumatizado, né? Eita. Mas eu achei legal ele ter barrado o livro que foi lido pelo garoto do massacre Columbine. Inclusive, isso desmistifica a idéia de que o King é um cara mau e sádico. Eu acho que ele é um cara super boa gente e através de seus livros ele passa sim uma mensagem do bem, eu acho. Porque por trás de todo o sangue, horror, morte e talz, temos sempre personagens fazendo coisas boas e valorizando a vida.

  2. Pingback: 5 Livros essenciais para conhecer Stephen King | Livros de Fantasia

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s