Resenha: A Batalha do Labirinto, de Rick Riordan

Título: A Batalha do Labirinto

Título Original: The Battle of the Labyrinth

Autor: Rick Riordan

Publicação: 06 de maio de 2008, nos EUA; 10 de fevereiro de 2010

Número de paginas: 367 páginas

Editora: Intrínseca

ISBN: 9788598078700

Quarto livro da série Percy Jackson e Os Olimpianos, A Batalha do Labirinto retoma os acontecimentos do livro anterior, A Maldição do Titã.  Percy tem que ajudar Annabeth na missão de impedir Luke e o exército de Cronos invadir o Acampamento Meio-sangue e o Olimpo. Paralela à missão de Annabeth está a de Grover, que deve provar ao Conselho dos Sátiros que realmente recebeu uma mensagem do deus Pã.

O autor faz mais uma vez um excelente trabalho, mantendo o bom nível da série. As lendas gregas continuam bem relacionadas com os tempos atuais. É maravilhoso ver como Rick conseguem mesmo fazer uma analogia entre os fatos acontecidos na lendas gregas e a guerra atual de Cronos contra o Olimpo, além claro, da implícita relação que o autor faz ao nosso mundo e à tal da guerra contra o terror, patrocinada pelo governo norte-americano desde os atentados às Torres Gêmeas em 2001.

Como eu disse nas resenhas anteriores, apesar do livro ter os adolescentes como público alvo, é possível perceber algumas críticas ao mundo real, principalmente no papel do governo dos Estados Unidos na tal busca pela paz mundial e contra o terrorismo.E são críticas mesmo, através de comentários bem irônicos e sarcásticos do protagonista, mas ditas de forma indireta, ou seja, através de algum evento relacionado aos acontecimentos do livro.

Neste livro, devido à aproximação da guerra contra Cronos,  a série ganhou um pouquinho mais em drama. A batalha do labirinto, que dá nome ao livro, mostra o primeiro momento da série em que há mortes de meios-sangues, algo realmente inevitável em uma batalha. O autor teve um cuidado especial em descrever a cena sem detalhes sanguinários, mas não menos empolgante.

O livro não acaba do modo que eu esperava e achei muito interessante que o autor não terminasse a obra jogando os leitores diretamente em um cenário de guerra, com a batalha final a ponto de começar. Há sim uma expectativa, por parte das personagens do iminente confronto final e esse clima é sentido durante a leitura dos dois capítulos finais, logo após a batalha do labirinto ocorrer.

O modo como Rick fecha o livro te deixa mais ansioso pelo próximo. Parece que o autor preferiu deixar mesmo para o último livro da série a conclusão de algumas questões que correm de forma paralela à trama principal. Então, o jeito é encerrando esta resenha por aqui  e começar o quinto e último livro da série.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s