Resenha: Crossroads of Twilight, de Robert Jordan

Crossroads of TwilightTítulo: Crossroads of Twilight

Autor: Robert Jordan

Publicação: 07 de janeiro de 2003

Número de páginas: 823 páginas

Editora: Tor Books

ISBN: 9780812571332

And it shall come to pass, in the days when the Dark Hunt rides, when the right hand falters and the left hand strays, that mankind shall come to the Crossroads of Twilight and all that is, all that will be shall balance on the point of a sword, while the winds of the Shadow grow.

Mais uma resenha de um livro da série TheWheel of Time, ou como preferir, A Roda do Tempo. Crossroads of Twilight é o décimo volume da série e só foi publicado dois anos e dois meses após Winter’s Heart.  Não tiro a razão de quem diz que o livro ou um dos livros mais fracos de toda a saga.

Realmente é um livro de leitura mais lenta, pois o Jordan repete a fórmula dos dois volumes anteriores, apresentando muitos capítulos seguidos com fatos acontecendo através do ponto de vista de apenas uma personagem, para depois centrar em mais capítulos seguidos com o ponto de vista de outra e assim por diante. Os pontos de vista são em sua maioria das personagens principais da série, com um ou outro de personagens secundários.

Engana-se, porém, quem pensa que uma leitura mais lenta indique que nada de importante acontece. Muito pelo contrário, Robert Jordan coloca ainda mais intrigas e conspirações, mas dessa vez (algo que já vem desde o sétimo ou oitavo livro) mais às claras. Entretanto, é de se esperar que alguns leitores se sintam um pouco desapontados, pois após esperarem quase três anos, em Crossroads of Twilight, Jordan ainda trabalha aquelas mesmas subtramas do livro anterior, com mais desenvolvimento, mas sem voltar para a trama principal da série em si, como muitos leitores esperavam.

Jordan realmente fez uma jogada arriscada no décimo livro, desenvolver mais as subtramas, porém em cima de uma único evento do nono livro.  É um grande evento sem dúvida e de extrema importância para a série. Assim, a maioria dos capítulos de Crossroads of Twilight se desenvolvem em conjunto com esse grande evento, que só acontece no úlitmo capítulo de Winter’s Heart.

Apesar das baboseiras de alguns leitores em pular o décimo livro, ou ler o prólogo (99 páginas), o primeiro capítulo, o último e o epílogo, recomendo que não façam isso. Há muita informação interessante nos demais capítulos, mesmo que alguns sejam um pouco aborrecidos. São informações que farão falta com certeza na leitura do restante da série.

Não acho o livro extremamente ruim como muitos colocam, o que desaponta é a inexistência de uma retomada à trama principal como tema principal no livro. Destaco os capítulos com Mat, Perrin e Egwene, que são os que, depois de Rand, apresentam uma mudança significativa em seu modo de perceber e julgas as situações, fora que os capítulos do Mat dão uma leveza á série, com uma carga de humor, necessária após tanta coisa drástica acontecendo. E obviamente, os capítulos com o protagonista Rand al’Thor, que finalmente encontra uma personagem de peso para a série, apesar de eu ter ficado um pouco desapontada na forma como esse encontro aconteceu.

Enfim, é um bom livro. Fraco sim, em relação aos anteriores, mas não deixa de ser bem escrito, bem desenevolvido e cheio de acontecimentos dramáticos, com a maldade imperando, como se espera nesse ponto da série. Há sim um pouco de preocupação do autor com a trama principal, mas é muito pouco em vista de todo o livro e é percebido em alguns trechos do prólogo e, por questões óbvias, nos capítulos com Rand. Leiam e julguem por si. Mais uma vez não recomendo que se pule o livro e leia diretamente Knife of Dreams.

Observação: Os livros e a franquia da série The Wheel of Time pertencem a © Robert Jordan.

As expressões The Wheel of Time™ and The Dragon Reborn™, e o símbolo com a cobra e a roda são marca registrada de Robert Jordan.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s