Resenha: Tigana, de Guy Gavriel Kay

Tigana capaTítulo: Tigana

Autor: Guy Gavriel Kay

Publicação: agosto de 1990

Número de páginas: 692 páginas

Editora: Happer Collins

ISBN: 9780007342044

Olá, pessoal! Tigana é o primeiro livro que leio do consagrado escritor canadense Guy Gavriel Kay. Segundo informações do blog The Wertzone, a obra tem a sua trama desenvolvida no mesmo universo da trilogia The Fionavar Tapestry, outro trabalho do Guy que lerei em breve (espero).

Neste ano, Tigana ganhou sua primeira edição em português através da publicação de Tigana – Lâmina na Alma – Livro Um, pela editora portuguesa Saída de Emergência. Essa mesma publicação chegará ao Brasil no ano que vem pela editora Saída de Emergência Brasil. 

A trama ocorre na Península da Palma (tradução livre), inspirada na Itália renascentista. Palma é governada por dois soberanos. Como protagonistas da trama temos um grupo de músicos que viaja toda a península em busca de aliados para tentar recuperar a sua nação, uma das províncias que faz parte da península.

Eu achei excelente o desenvolvimento das personagens, tanto os soberanos quanto a trupe de músicos e os personagens secundários que vão sendo apresentados no decorrer da história. Guy é um excelente escritor e seu estilo é bem envolvente. No começo, eu senti uma certa dificuldade com o estilo, pois o autor tem uma tendência a explicar algum fato no meio da narração da trama ou mostra algo sobre o passado de um determinado personagem no meio de outro plot com o personagem em questão.

Aos poucos, porém, fui entendendo o porquê dessa foram de narração e percebi que dá dinamismo ao enredo e esclarece alguns pontos importantes para o fechamento da história.

A narração acontece sob os pontos de vistas de alguns dos envolvidos da trama e isso ajuda o leitor a ter mais carisma pelos personagens.

Eu achei o desfecho bem óbvio, mesmo que me determinados momentos pareça que algo diferente vai acontecer. As cenas que levam para o desfecho do livro foram um pouco apressadas na minha opinião, mas nada que tire o brilhantismo da obra. Entendo que o autor quis evitar um livro muito grande e uma possível série e preferiu escrever um romance único mesmo.

Tigana apresenta mágica aliada à política, a busca de um povo por sua identidade e por sua nação. Aliás, a ideia de povo e nação são os pontos fortes da trama, que também lida com lealdade e amor, além de mostrar que nem sempre em uma guerra existe um lado bom e um lado ruim, são apenas lados com ideais diferentes, com objetivos diferentes e interesses diferentes.

Aliada à magica e à política também se tem a religião, representada por uma Tríade (um Deus e duas Deusas). Essa Tríade tem uma origem bem interessante e tem/teve uma importante função no mundo onde se passa a história.

No final do livro, o autor apresenta algumas de suas notas com explicações sobre o porquê resolveu escrever Tigana. Vale a pena ler, são informações que ajudarão a entender alguns pontos lidos no livro. O Guy fala também das inspirações para a criação de alguns personagens. Leiam, vale muito.

Recomendo muito a leitura de Tigana, mas para aqueles que gostam de fantasia medieval. Para quem procura algo voltado para uma narração mais realista, realmente Tigana não é o livro para você, mas você estará perdendo a oportunidade de ler uma excelente obra e uma das melhores do gênero, na minha humilde opinião.

Bem, meu próximo livro do Guy deve ser um destes dois: The Lions of Al-Rassan ou A Song for Arbonne.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Resenha: Tigana, de Guy Gavriel Kay

  1. Leia Leões de Al-Rassan! É um livro lindo de verdade, e tem o atrativo de se passar numa versão fictícia de Portugal e Espanha durante a reconquista. A tapeçaria de Fionavar também é excelente, embora também seja triste, o que o torna ainda melhor.

  2. Ois Cassi,

    Por acaso também já li os Leões de Al Rassan e a Tapeçaria de Fionavar e os Leões na minha opinião é bem superior, alias já li a primeira parte do Tigana (por cá dividiram como sabes) e continuo a achar que os Leões é superior, mas acredito que a 2ª parte do Tigana seja mais repleto de acontecimentos e não tão descritivo (importante para nos enquadrarmos no universo), vamos ver como acaba🙂

    Bjs e um comentário que conseguiu esconder o mais importante e que ainda assim nos deixa curiosos por ler🙂

  3. Cassy disse:

    Então eu vou de Leões de Al-Rassan😀

  4. Esse livro… o que dizer sobre esse livro…

    Tigana é – para mim ao menos – um dos melhores stand alones já escritos.

    Eu sou formado em História então, ter não só um nome, mas toda a História de um povo apagadas é pra mim – assim como para o Devin – uma das ideias mais terríveis e tristes que podem ser imaginadas.

    O livro tem personagens muito bem escritos e complexos e você se pega gostando de todos eles – até mesmo o “vilão” Brandin.

    Como eu disse, a jornada de um povo em busca da reconquista da sua própria identidade é uma das histórias mais bonitas e tristes já escritas.

    • Cassy disse:

      Tigana é lindo. Tem algumas coisas que eu gostaria que tivessem sido diferentes, ocmo em qualquer obra, mas em conjunto é um livro muito bem escrito.

      Bem, sou Advogada e História é uma matéria bem importante na Faculdade de Direito, então entendo bem como vc se sente. Além disso, estudamos TGE, que trata do Estado, seja como entidade política, seja como nação, e foi lindo ver como o Guy desenvolve essa parte. Sem dúvidas lerei mais livros do autor e Tigana para minha lista de favoritos😀

  5. Pingback: Pré-venda: Tigana – A Lâmina na Alma – Livro Um | D R A G O N M O U N T B O O K S

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s