Resenha: Blood From A Shadow, de Gerard Cappa

Blood From A Shadow capaTítulo: Blood From A Shadow

Autor: Gerard Cappa

Publicação: 12 de junho de 2012

Número de páginas: 329 páginas

Editora: Piper’s Head

ISBN: 9780957282919

Baixar grátis: Amazon.com.br

Blood From A Shadow foi uma recomendação que recebi de um amigo no Goodreads. Após colocá-lo na minha lista de leituras, tive agradável surpresa de receber um mensagem do autor e todo um background da história, cujas algumas informações estão no final desta resenha, sob o título Curiosidades.

Blood From A Shadow é um livro independente escrito por Gerard Cappa, um autor completamente desconhecido, mas com um estilo de escrita que gostei bastante. Ele consegue ser direto e ao mesmo tempo passar um grande número de informações nas cenas dos livros, além de conseguir transmitir muito bem os momentos mais tensos do livro, que aliás não são poucos.

O protagonista da trama, Con Maknazpy é quem nos narra a história e, embora, eu leia poucos livros do gênero policial/thriller e a trama não apresente tantas coisas novas, eu gostei bastante do seu desenvolvimento. O autor consegue colocar alguns fatos que surpreendem de uma forma que não parece um thriller forçado como já vi em outros livros do gênero.

O fato da história se passar em diversos lugares, como Irlanda e Istambul, ajudam muito no desenrolar de toda a ação e no contexto do enredo da história. Os locais são muito bem descritos, mas não de forma exagerada e cada local tem não só um contexto de ação, como um contexto histórico, devidamente ligado à trama e que ajudam a compreender bem o sentimento passado pelo autor. A trama também tem boas reviravoltas, principalmente ligadas ao protagonista.

Quanto aos personagens, gostei muito da forma como o autor as desenvolve e principalmente de Con, que não é uma protagonista chato ou com reputação perfeita demais ou o modelo exato de herói. Aliás, o autor sabe bem colocar clichés e fatores estereotipados sem parecer algo piegas ou forçado.

Eu recomendo muito esse livro, principalmente para quem gosta desse estilo de conspiração política.

O autor está escrevendo o segundo livro, cujo título até o momento, é Black Boat Dancing.

Curiosidades sobre Blood From A Shadow:

1.O autor faz referência a uma data no livro. A data refere-se à Batalha de Fredericksburg.

2.Um dos personagens do livro é inspirado no Detetive Swanzy, membro da RIC (Real Polícia Irlandesa) que planejou o assassinato de Tomás Mac Curtain nos anos 1920s. Swanzy foi morto em frente à Catedral de Lisburn por um membro do grupo IRA, usando a arma de Tomás. Por causa  disso, os católicos foram escorraçados de Lisburn, incluindo o pai do autor Gerard Cappa. Mais sobre esse caso aqui: http://www.lisburn.com/history/memories/memories-2004/swanzy.html.

3.A história do livro começa no dia 09 de outubro, dia do aniversário do pai do autor.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Ficção Histórica/Romance Histórico, Resenhas, Romance, Suspense/Terror e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Resenha: Blood From A Shadow, de Gerard Cappa

  1. Acho sempre legal quando a gente descobre um livro legal mas que não é muito famoso e/ou desconhecido. Às vezes vou na biblioteca aqui da cidade e procuro algum livro sem rumo só pela capa. Já descobri muita coisa boa assim.

  2. To com esse livro na fila desde aquele dia, mas ele foi ultrapassado na ordem pelos livros de Malazan

    • Cassy disse:

      Menino, nem me fale! Fiquei com uma dor na consciência rsrsrs Está gostando de Malazan?

      • Estou gostando bastante Cassy, os personagens são muito bem construídos e a história é bem legal. Mas o Steven Erikson é cruel demais, já li os 3 primeiros livros e em todos eles eu fico com vontade de ir pra um canto e chorar😥

        Agora, não entendi o por que do peso na consciência😛

  3. Um livro a ter em conta ainda por cima repleto de conspiração politica, boa resenha🙂

    • Cassy disse:

      Sim. E o autor sabe mexer bem com aqueles estereótipos do tipo americano achando que é dono do mundo. Bem legal, pena não ter ideia se algum dia será publicado em português.

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s