Resenha: A Morte de Ivan Ilitch, de Leon Tolstoi

IvanTítulo: A Morte de Ivan Ilitch

Título Original: Smert’ Ivana Ilyicha

Autor: Leon Tolstoi

Publicação: originalmente em 1886

Número de páginas: 112 páginas

Editora: L&PM

ISBN: 9788525406934

A morte de Ivan Ilitch é o primeiro trabalho que li do autor Leon Tolstoi. Eu gostei muito de conhecer o estilo do autor através de um obra, que embora não muito detalhista, consegue passar com tanto aprofundamento as mazelas do ser humano através da ocasião da morte do personagem Ivan Ilitch.

A história começa com a notícia da morte do magistrado Ivan Ilitch recebida por seus amigos e colegas de trabalho. As reações aparentes e as reações reais à morte de Ivan começam a nos dar uma ideia do que está por vir na obra. O restante do livro é dedicado a nos mostrar a vida de Ivan, a sua conduta perante a sociedade, o seu compromisso com a profissão, com os amigos e com a famílias, até que uma misteriosa doença decreta o destino de Ivan.

A narrativa, embora não muito detalhista, consegue passar bem a vida de Ivan e todas as suas alegrias e tristezas, além de costumes e tradições aristocráticas da época e do local onde se passa a história. A leitura, pelo menos para mim, foi muito boa e flui bem. Não achei nenhuma parte tediosa. Mesmo nos momentos mais dramáticos, quando Ivan sente o fim se aproximar, a leitura é prazerosa e traz alguns questionamentos ao modo que cada de um nós escolhe viver.

Além de um excelente romance, A morte de Ivan Ilitch é uma grande lição de vida, que nos faz pensar se realmente estamos vivendo a vida que gostaríamos ou se estamos apenas fazendo aquilo que se espera de nós dentro da nossa sociedade. Confesso que em vários trechos comecei a repensar a minha forma de agir profissionalmente, uma vez que Ivan, em certo momento de sua vida, teve a mesma profissão que eu exerço. Aliás, é interessantíssimo ler Ivan comparando a sua própria profissão com aquela de quem estava tentando saber o que ele tinha e ver o quanto profissionais de áreas diferentes tendem a trabalhar de maneiras parecidas, até com um padrão de comportamento parecido.

Eu adorei e recomendo para quem gosta de ler romances clássicos.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Anúncios

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Resenhas, Romance e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s