Resenha: A Alma Perdida – Muito Além do Oeste, de Dulcelino Neto

A Alma Perdida - Muito Além do OesteTítulo: A Alma Perdida – Muito Além do Oeste

Autor: Dulcelino Neto

Publicação: 25 de agosto de 2014

Número de páginas: 47 páginas

Editora: Amazon

ASIN: B00N2ASDQS

Sinopse:  Após acordar sozinho em uma terra sem vida, um homem enigmático terá que desvendar os mistérios da cidade sem nome para poder escapar de um pesadelo sem fim.

Antes de deixar a minha opinião, tenho que esclarecer que a edição que eu li me foi enviado pelo próprio autor em pdf com 32 páginas, mais capa e banner do livro. O autor me enviou também o link de compra no site Amazon, o link para o seu site e onde se pode ler uma prévia do conto, que vocês podem acessar no fim desta resenha, além da sinopse reproduzida no começo deste artigo.

A Alma Perdida – Muito Além do Oeste é um conto de autoria do escritor brasileiro Dulcelino Neto, publicado de forma independente no site Amazon e que mistura muito bem os gêneros western e horror.  A história começa com o protagonista despertando em um local ermo e aparentemente deserto e o leitor já testemunha a ocorrência de estranhos fatos no local. O protagonista, cujo nome não é revelado, chega uma cidade aparentemente abandonada, porém, fatos ainda mais estranhos acontecem na cidade.

A história me cativou do começo ao fim. O autor conseguiu me deixar curiosa e não consegui parar de ler até que eu chegasse no fim da história. Mesmo sendo um texto pequeno, o autor soube criar um trama bem escrita e bem dividida, com uma ótima introdução, um desenvolvimento excelente, cativante e intrigante da trama e dos personagens que apareciam no desenrolar da leitura, e um final bem digno de um excelente texto. Os fatos estranhos aos quais me referi foram mostrados de maneira bem convincente e criativa.

O conto é dividido em seis partes ou capítulo, como quiserem, e cada um traz uma parte de um texto de um livro considerado sagrado para as religiões cristãs. O bacana foi perceber que não houve por parte do autor qualquer intenção de doutrinar o leitor, muito menos, de desrespeitar as religiões que usam esse livro como texto sagrado em suas liturgias, missas, encontros e coisas do tipo. Eu achei lindo e fiquei bastante cativada a continuar. Não sou uma pessoa extremamente religiosa, mas tenho as minhas crenças e adoro ler livros sagrados de diversas religiões, para expressam bem a cultura e história de um povo. Da forma como o Dulcelino faz em seu conto ficou muito bonito e emocionante, além de bem coerente com a trama do conto.

Só uma coisinha: alguns trechos do conto – bem poucos, para ser sincera – apresentaram uns errinhos de revisão. Não é nada que desqualifique a qualidade do Dulcelino como escritor, mas por causa de uma história tão bem escrita, não foi difícil não notar. E que fique claro que estou me referindo à edição que eu li em pdf e não ao produto final vendido no site Amazon.

Eu recomendo e espero que vocês gostem tanto quanto eu gostei.

Para ficar mais fácil a identificação da obra por vocês, resolvi colocar a ficha técnica da versão kindle no começo desta resenha.

Para quem quiser adquirir o seu exemplar, basta clicar aqui.

Para conhecer mais sobre o Dulcelino, vale visitar o seu site: http://dulcelino.blogspot.com.br/.

Leia um trecho do conto aqui.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Literatura Nacional, Resenhas, Suspense/Terror e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Resenha: A Alma Perdida – Muito Além do Oeste, de Dulcelino Neto

  1. Olá, agradeço a divulgação e fico feliz que você tenha gostado do meu trabalho (:

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s