Resenha: 14, de Peter Clines

Pageflex Persona [document: PRS0000040_00012]Título: 14

Autor: Peter Clines

Publicação: 2012

Número de páginas: 350 páginas

Editora: Permuted Press

ISBN: 9781618680532

14 é um livro de horror, de autoria do escritor americano Peter Clines, que relata a experiência vivida por um grupo de moradores do prédio Kavach após uma série de investigações de estranhos fenômenos ocorridos no local.

Foi o primeiro livro que li do Peter e gostei, apesar de ter achado a parte final do livro bem abaixo do ótimo nível de escrita mostrado durante boa parte da trama. 

O livro tem como protagonista o personagem Nate Tucker que precisa de mudar, mas não tem para onde ir. Durante uma festa ele fica sabendo sobre o prédio Kavach, que além de possuir uma ótima localização na cidade de Los Angeles, o aluguel é um dos mais baratos da região. Isso desperta uma certa suspeita em Nate, mas ele acaba se mudando para o local.

O prédio é cheio de ocorrências estranhas e existe um apartamento que sempre está trancado: o apartamento 14. Nate e seus vizinhos começam a investigar o local e descobrem uma série de fatos ainda mais estranhos. Para piorar, as investigações do grupo precisam ser feitas sem que o síndico do prédio suspeite de algo.

Como mencionei acima, eu gostei do livro. A história começa muito bem, com um clima de mistério e suspense que cativam a leitura e o fato do autor ter dividido o livro em muitos capítulos (são 81, se não me engano) ajuda na fluidez da leitura, porque eles são bem pequenos e sempre terminam de um jeito que te faz querer ler o livro para saber o que acontece. Os personagens são bem simpáticos, portanto, é possível gostar de todos os envolvidos de forma mais direta na investigação dos fatos estranhos.

O que começou a me desanimar na história foi, quando na altura do capítulo 50, o autor ainda mantinha aquele momento investigativo e nada de mais drástico acontecia. Eu já estava ficando desanimada. E as coisas mais tensas finalmente começaram a acontecer. Pareceu que era algo já planejado pelo autor, deixar o leitor naquela expectativa, até cansar a nossa paciência, para, em seguida, começar a mostrar as consequências de toda aquela investigação. Foram momentos bem tensos e que gostei bastante, mas que levaram a um desfecho, que na minha opinião, foi muito rápido e merecia ter sido melhor trabalhado.

Por ser uma obra de horror, na qual o fator psicológico e a parte racional e lógica da mente dos personagens é a mais afetada, não há qualquer fenômeno sobrenatural ligado a aparições fantasmagóricas, mortes causadas por assombrações, sons e vozes do além. A questão é bem mais física e bem mais, vamos dizer, onírica. Nota-se em quem o autor se baseou e foi isso que me deixou um pouco decepcionada. O Peter construiu uma ótima história, mas faltou mais criatividade para ligar a sua história com aquela baseada no outro autor.

Eu recomendo para os fãs de gênero horror e espero que vocês gostem mais do que eu gostei. Com certeza, procurarei outros trabalhos do Peter. Aliás, quem já leu outras obras do autor pode deixar as suas recomendações.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Curiosidades, Eventos, Resenhas, Romance, Suspense/Terror e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Resenha: 14, de Peter Clines

  1. Fiacha O Corvo Negro disse:

    Ois Cassy,

    Nunca li nada deste escritor e mesmo este género não leio muito, quero ler o exorcista mas tenho que arranjar um tempinho, mas fiquei com vontade de experimentar, afinal bom livro é sempre bom livro, seja em que género for🙂

    Bjs

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s