Resenha: The Weird of the White Wolf, de Michael Moorcock

The Weird of the White Wolf capaTítulo: The Weird of the White Wolf

Autor: Michael Moorcock

Publicação: 1977

Número de páginas: 159 páginas

Editora: Ace Books

ISBN: 9780441888054

The Weird of the White Wolf é o terceiro livro da série Elric Saga. Elric finalmente volta para Melniboné, mais precisamente para Imrryr, a cidade dos sonhos. O seu objetivo é recuperar o Trono de Rubi e rever Cymoril, o seu grande amor, mas para isso terá que enfrentar o usurpador Yyrkoon. O fim desse empreendimento mostra o que a espada Stormbringer é capaz de fazer e assim Elric começa uma nova aventura fora de Melniboné.

O livro continua os eventos apresentados nos dois livros anteriores, apesar do próprio autor ter deixado claro que não há uma ordem cronológica de leitura da série, e mostra ao leitor o quanto a espada Stormbringer tem se tornando uma arma cada vez mais poderosa e mais perigosa para o próprio Elric.

A história contém cenas incríveis das aventuras de Elric, mas concentra-se mais nas suas habilidades de luta, para mostrar essa união com a Stormbringer, do que nas habilidades mágicas mostradas nos livros anteriores.

Embora o Moorcock não seja o tipo de autor que se preocupe demais com o worldbuilding da série, ele se preocupa em descrever o cenário das cenas, mas apenas o que é necessário para uma boa ambientação da cena descrita, e para o estilo do série, é uma ambientação excelente.

Essa união Elric-Stormbringer, que está começando a parecer uma dependência está bem interessante e estou adorando. Desde o primeiro livro e pelo o que eu ouvia falar sobre a saga, dá para perceber que a Stormbringer não é um mero personagem coadjuvante, que ficaria na sombra do Elric.

Eu estou gostando muito da saga e recomendo, a leitura é bem rápida, porque os capítulos são bem curtos, mas muito bem escritos, sem deixar ao leitor a impressão de que estão incompletos ou foram escritos de forma apressada. O Moorcock tem uma excelente escrita e não apresenta aquele estilo fantástico mais tradicional, encontrado nos autores mais lidos da atualidade, o que pode causar uma certa estranheza em alguns leitores e até insatisfação, mas na verdade tem mais a ver com o gênero do que com qualquer falta de talento do autor.

Por fim, tenho a dizer que a Saga Elric, pelo menos até o momento, está dando amostras de ser mesmo um clássico da literatura fantástica.

.:.Abraços e até a próxima.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Resenha: The Weird of the White Wolf, de Michael Moorcock

  1. Fábio Albergaria de Queiroz disse:

    Cassy, não li sua resenha, desculpe! Apesar de saber que está muito boa, como sempre, quis evitar possíveis spoilers já que eu li apenas o primeiro livro desta série maravilhosa, aqui lançado pela Editora Generali (como ficaram muitas pontos soltas ao fim de “A Traição ao Imperador” e esta é a resenha do terceiro livro…aí já viu né!!! Spoilers são inevitáveis!!). Não apenas o enredo é muito bom, mas a arte e trabalho editorial ficaram maravilhosos na edição tupiniquim!. Parece que o segundo livro sai em abril. Tomara!

    • Cassy Teodoro disse:

      Quando há spoilers eu aviso. O que falo no começo é referente à trama e, a bem dizer da verdade, é necessário para que o leitor saiba o que se passa. Há tanta coisa que acontece no livro e muitas sinopses oficias possuem muito mais spoilers.

      Siom, a Generale já havia dito que o livro sai em abril, por isso coloquei que em breve teremos informações, capa, data, essas coisas….

    • Cassy Teodoro disse:

      A minha dúvida está em qual sequência eles vão seguir, pois para mim, o segundo livro é The Sailor on the Seas of Fate, mas em Portugal, a SdE publicou The Fortress of the Pearl, que segue os fatos do primeiro livro, mas foi publicado anos depois. Eu estou seguindo a ordem dos seis livros originais.

      • Matheus disse:

        Qual é a ordem original?

      • Cassy Teodoro disse:

        Matheus, se vc está seguindo as resenhas do blog, com certeza sabe a ordem dos três primeiros (Ai ai ai se não estiver acompanhando as minhas resenhas, menino!), então vou citar somente os três últimos: The Vanishing Tower, The Bane of the Black Sword e Stormbringer. Essa será a ordem de publicação da editora Generale, que acabou de me responder no facebook.

      • Cassy Teodoro disse:

        Além disso os livros que eu peguei são da editora Ace Books e cada livro traz a ordem à qual pertence na série (repare na capa).😀

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s