Resenha: Tehanu, de Ursula K. Le Guin

TehanuTítulo: Tehanu: The Last Book of Earthsea

Autora: Ursula K. Le Guin

Publicação: 1990

Número de páginas: 288 páginas

Editora: Atheneum Books for Young Readers

ISBN: 9781439106891

Tehanu é o quarto livro da série Terramar e fechava a série, quando esta era um tetralogia. O livro foi publicado quase vinte anos após o seu antecessor e ganhou os prêmios Nebula e Locus na categoria melhor romance.

A história volta a se passar em Gont, ponto de partida da série e cidade natal do protagonista Ged. Lá reencontramos uma personagem do segundo livro, cuja importância é destacada através da exploração de temas como o abuso infantil e o machismo. São temas bem fortes e que comovem bastante sem que precise ser abordado em um livro, mas a maestria da escrita da Ursula consegue destacar toda a crueldade do ser humano, em especial quanto ao direito que alguns acham que têm em relação ao fato de serem homens.

É uma abordagem linda da Ursula, porque ela fez de modo totalmente voltado para o contexto social do nosso mundo real, mas também dentro do contexto da ficção, sem, no entanto, atacar os homens ou desqualificá-los. É apenas uma amostra do que alguns homens acham que têm direito de fazer com mulheres e a triste evidência de que em alguns casos eles têm mesmo o direito de fazer aquilo com as mulheres. Enfim, uma retratação da sociedade machista de muitas culturas, em especial da cultura ocidental, que mostra diversos exemplos de machismo e anti-feminismo da forma mais radical e cruel. Por isso, gostei da abordagem não tão feminista radical da Ursula. Pode-se mostrar um problema sem ser tão intolerante quanto os intolerantes.

Apesar de ser uma excelente obra, não só da série Terramar, mas do gênero fantástico – e ter feito com que eu adore cada vez mais a Ursula como escritora – achei que alguns capítulos ficaram um pouco entendiantes, pois a autora achou por bem dar uma segurada na história, mesmo o livro sendo curto para os padrões da fantasia. É questão de como se escrevia na época, eu sei. Outra coisa que me decepcionou um pouco foi o desfecho do livro. Não é difícil adivinhar o que vai acontecer, embora seja o desfecho que eu esperava, mas achei que a autora correu um pouco com os eventos quando podia ter elaborado mais.

No geral, o livro é maravilhoso, o tema muito bem explorado, os personagens muitos bem desenvolvidos e deixo a minha recomendação da leitura da série. Espero que alguma editora se interesse, apesar de ser uma série antiga, os temas explorados são de uma atualidade que até me faz ter arrepios durante a leitura.

.:.Até mais, gente!.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Resenha: Tehanu, de Ursula K. Le Guin

  1. Ois,

    Sabia que ias gostar uma saga fantástica e que também recomendo muito, saudades de ler este tipo de livros mesmo🙂

    Excelente resenha parabéns.

    Abraços

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s