Resenha: Wyrd Sisters, de Terry Pratchett

Wyrd Sisters coverTítulo: Wyrd Sisters

Autor: Terry Pratchett

Publicação: 1988

Número de páginas: 368 páginas

Editora: Harper Collins

ISBN: 9780061807152

Wyrd Sisters é o sexto livro da série Discworld, sendo o segundo livro do arco das Bruxas, inciado com Equal Rites. O livro traz de volta à série a excelente e divertidíssima personagem Granny Weatherwax.

A trama se passa em Lancre, quando a sucessão ao trono é aberta por conta de um assassinado planejado por um dos nobres do reino. Assim, Granny, juntamente com as bruxas do seu coven, Nanny Ogg e Magrat Garlick, salvam a vida do herdeiro entregando o menino para ser criado em uma trupe de atores viajantes. Anos depois, a trupe volta a se apresentar em Lancre e encena uma peça bem diferente e intrigante e que deixa o Duque Felmet bastante preocupado.

Wyrd Sisters tem como inspiração a peça Macbeth, de William Shakespeare, e as três bruxas em questão são inspiradas nas Três Bruxas ou Weird Sisters da peça em questão. Aliás o título brinca com a pronúncia do termo Weird Sisters, algo que o autor faz nos outros livros da série, ou seja, usar palavras com uma grafia estranha, mas cuja pronúncia lembra a da palavra que de fato existe na língua inglesa.

Não vou me alongar muito nesta resenha, amigos. Apenas quero registrar o quanto eu gostei desse livro, a forma do Terry explorar os personagens, o uso do humor, que de engraçado não tem nada, as críticas a alguns aspectos culturais, algo que nunca falta nos livros lidos até agora, além da escrita bem envolvente do autor.

O Terry explora novamente a questão de como funciona a morte no mundo de Discworld, sempre regado de certo realismo e, aos mesmo tempo, humor, além de dar ao leitor a oportunidade de conhecer novos personagens, mais aspectos do mundo onde se passa a série e conhecer um pouco mais dessa personagem ótima e bem divertida que é a Granny Weatherwax.

Para finalizar, não posso deixar de falar que o livro foi adaptado para a TV pela Cosgrove Hall e teve seis parte, e ganhou uma dramatização em quatro partes na Radio 4 da BBC. E, claro, recomendo muito a leitura do livro e da série.

.:.Até mais, gente!.:.

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Resenha: Wyrd Sisters, de Terry Pratchett

  1. Oie,

    quanto mais leio estas resenhas mais vontade fico em pegar neste escritor, nem que seja em formato digital🙂

    Bjs

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s