Resenha (filme): Bohemian Rhapsody

Título: Bohemian Rhapsody

Duração: 2h14min

Ano de produção: 2018

Países de origem: EUA e Reino Unido

Gênero: Drama/Biografia

Bohemian Rhapsody é uma cinebiografia de uma das bandas mais populares da indústria fonográfica mundial: a banda Queen. A banda é conhecida pelo talento de seus integrantes em compor de forma peculiar as suas músicas, valendo-se de recursos sonoros bem diferentes e que enriqueceram o resultado da produção de suas músicas. 

Sem dúvida, o seu integrante de maior destaque foi o vocalista Freddie Mercury, falecido no dia 24 de novembro de 1991, portanto, há pouco mais de 27 anos. Freddie se destacava não só pelo talento musical, compor e cantar, o que fazia com maestria, mas também, pela sua forma de atuar no palco. A sua vida pessoal também ganhou destaque quando a sua bissexualidade tornou-se um fato conhecido publicamente.

Por conta disso, não deveria ser de se estranhar que a história do Queen fosse contada pela perspectiva desse interessante personagem da história da música e que tanto contribuiu para enriquecer o rock britânico e o rock mundial. E se isso não estraga o filme, muito pelo contrário, deixa a desejar no quesito biografia da banda. Os dramas pessoais de Freddie são conhecidos até por quem não é fã do Queen, mas e a vida dos demais integrantes? Há no filme referências a assuntos pessoais de John, Roger e Brian, mas tudo para que sirva ao que se quer contar sobre Freedie e a consequência disso para a banda.

Portanto, não se trata de fato de uma biografia da banda, ganhamos uma bela biografia do seu frontman, o inesquecível Freddie Mercury. O que bom, mas não condiz com a proposta de dar ao público conhecer mais sobre os demais integrantes.

Outro ponto que chama a atenção, também de forma não muito positiva, foram os fatos narrados de forma totalmente fora da realidade, shows colocados em períodos que não aconteceram, unicamente para servir de motivo para retrata parte do drama pessoal, de quem? Sim, do nosso querido e inesquecível Freddie Mercury. Sem contar o aparecimento de um personagem inventado e que mais uma vez não condiz com a proposta de apresentar a história da banda.

Vi alguns espectadores tentarem justificar esses pontos, dizendo que é apenas um filme. Não, queridos. Não é apenas uma filme. É uma biografia. E se há nas biografias certos exageros dramáticos até aceitáveis, não dá para aceitar mudanças esdrúxulas e despropositadas que não preenchem a proposta do produto que estamos assistindo.

O filme é ruim, então? Não. Muito pelo contrário. O filme é acerta em diversos pontos: a começar pelo bom elenco e atuações; o encaixe das músicas mais famosas da banda em cada momento da história da banda (leia-se história do Freddie); a forma de composição, gravação e produção; e o Live Aid, o momento mais lindo do filme.

Bohemian Rhapsody vale o seu tempo (e dinheiro), pois entretém e dá ao espectador um ponto de vista interessante da história do Queen, apesar dos aspectos negativos apontados acima. O saudosismo, a boa música, a boa atuação e os sucessos da banda servindo como fundo musical de certos momentos do filme acabam por fazer com que o espectador releve os erros e aproveite o divertimento proporcionado pela cinebiografia de uma das melhores bandas do planeta.

Filme recomendado.

.:.Até mais, gente!.:.

Anúncios

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Fã do Stephen King. Adora Supernatural e filmes de terror.
Esse post foi publicado em Filmes, Resenhas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Resenha (filme): Bohemian Rhapsody

  1. Pingback: Resenha (filme): Bohemian Rhapsody — .:.Dragonmountbooks.:. | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s