Resenha: Knight of Shadows, de Roger Zelazny

Título: Knight of Shadows

Autor: Roger Zelazny

Publicação: Novembro de 1989

Número de páginas: 251 páginas

Editora: Avon Books

ISBN: 9780380755011

Knight of Shadows é o nono e, portanto, penúltimo livro das Crônicas de Amber, de autoria do escritor americano Roger Zelazny.

Nunca é demais lembrar que, embora haja em cada resenha uma individualização das informações técnicas de cada livro (publicação, isbn, etc), o livro lido para as resenhas da série é o The Great Book of Amber, que reúne os dez romances da saga em um único volume.

Novamente temos Merlin como nosso protagonista e narrador e, novamente, destaco o fato desse personagem apresentar uma característica narrativa muito mais confiável, aparentemente, do que o Corwin, protagonista da primeira parte da série. Por razões óbvias, não posso deixar de mencionar, que serão melhor entendidas quando da leitura da série, para quem ainda não teve a oportunidade de se aventurar pelo mundo de Amber.

Mesmo assim, Corwin ainda é bem mais carismático do que Merlin, embora nesse volume consegui me simpatizar mais com o rapaz (Merlin, no caso) do que nos primeiros livros da segunda parte da série.

Para o universo da série, o que interessa destacar, o quanto se aprende muito mais sobre a força Pattern, através do que o Merlin passa com sua porção genética do Reino de Amber, através, também, do que ele passa com a força Logrus.

Assuntos e conceitos relacionados à realidade da Terra e demais conhecimentos ainda servem como pano de fundo para a narrativa, mas neste volume, o autor se encarrega de centrar a sua narrativa no universo de Amber, colocando Merlin em uma espécie de encruzilhada genética, por assim dizer.

O que eu gostei foi que as situações vividas por Merlin nesse volume em especial, mas também o que tem sido narrado até aqui desde o começo dessa segunda parte da série, por incrível que pareça, ajudaram no meu entendimento sobre as atitudes estranhas relacionadas ao desparecimento, na primeira parte da série, do Rei Oberon e algumas noções ali apresentadas por ocasião do que o Corwin estava passando, em relação ao Pattern em si e também às manipulações das sombras.

Outra coisa foi o fato de parecer (isso é especulação minha e somente minha) que tanto o Logrus quanto o Pattern atuam de forma direta nas pessoas dos reinos aos quais pertencem. Digo não só como força de manutenção do reino, até porque temos certas explicações nos livros, mas como algo para equilibrar mesmo a existência do universo ali representado (não me lembro se é destacado. Possivelmente sim e acabei esquecendo e só lembrei na leitura deste nono livro).

Enfim, livro bem esclarecedor e com a função clara de começar a resolver a trama, para finalizar a série no próximo volume.

Por fim, deixo a minha recomendação da leitura dessa série.

.:.Até mais, gente!.:.

Sobre Cassy Teodoro

Fiel leitora de Stephen King. Fã de Supernatural, American Horror Story e filmes de terror. SJW. Green Ajah.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixem o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s