Resenha: 1984, de George Orwell

Título: 1984

Autor: George Orwell

Publicação: 1949

Número de páginas: 382 páginas

Editora: Samaira Book Publishers

ISBN: 9789380914947

Publicado no ano de 1949, portanto, no período pós guerra, 1984 é um romance distópico que trata com maestria temas relacionados ao Totalitarismo.

No livro, através do ponto de vista do protagonista Winston Smith somos apresentados ao mundo sob uma nova ordem social. A começar pelo Grande Irmão e o Partido (traduções livres, pois a leitura foi feita na edição em inglês) que controlam os cidadãos em suas liberdades de escolha, desde forma de criar a sua família até o emprego que cada cidadão terá.

Além do Partido e do Grande Irmão, existem vários Ministérios que ajudam no controle do comportamento ou na manutenção da organização do mundo. Sem contar, o fato de certas regiões do mundo estarem em guerra, mas as informações serem deturpadas para servir aos propósitos do Partido, usado para refletir os propósitos do Grande Irmão.

Percebe-se que é um livro atualizadíssimo: o controle estatal em prol do bem da sociedade, do bem público, interferindo na autonomia privada; a criação de Ministérios, para ajudar nesse controle; o nível organizacional, de forma que tudo que se faça o Partido e o Grande Irmão têm conhecimento; a ideologia ou visão política a serviço do bem de algo que não condiz com um bem social. Enfim, nada diferente do que estamos passando no mundo, em especial, aqui no Brasil após o impeachment, em 2016, em que a polarização política ganhou contornos mais extremistas em ambos os lados.

Outro aspecto interessante do livro e que demonstra maestria de George Orwell, é a criação, embora não seja algo colocado em demasia e exagero no texto, de uma forma única de vocabulário, denominada de Newspeak, que na tradução de algumas editoras ganhou o nome de novilíngua. A importância dessa construção linguística foi tanta que o livro contém um complemento com explicações sobre essa variação idiomática, categorizado em três formas diferentes. Bem interessante de ler, além de ajudar na compreensão do controle do Partido e do Grande Irmão.

Obra mais do que recomendada, tendo em vista que abordar temas bem delicados dentro de uma situação que extrapola a literatura e pode ser objeto de estudo jurídico, pois a atuação de Poder Público, o controle de informações, entre outros atos estatais em prol de um bem comum estão presentes em diversas leis em diversos países, com limites (chamados no Direito de vinculação, para usar um termo mais didático), bem como o direito de cada cidadão fazer a sua escolha (a autonomia privada, mencionada acima), também está em leis ou códigos que regem a vida privada nas legislações mundo afora.

.:.Até mais, gente!.:.

Sobre Cassy Teodoro

Constant Reader. SJW. Green Ajah.
Esse post foi publicado em Romance. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Resenha: 1984, de George Orwell

  1. Maurilei Teodoro disse:

    Li faz alguns anos, e o estranho que foi um dos poucos livros que não consegui focar na leitura, e por isso acabei não gostando muito. Acabei até esquecendo dos acontecimentos da obra. Mas lembro que mesmo assim percebi que tem qualidade. Merece uma releitura.

    • Cassy Teodoro disse:

      Olá, Maurilei! Espero que esteja tudo bem com você. Essa obra é aquela do tipo que “envelheceu” bem, ainda mais com essa polarização que estamos vivemos. Vale a releitura com certeza. Abs!

      • Maurilei Teodoro disse:

        Tudo bem sim e vc como está. Uma horas dessas tentarei ler novamente para ver se mudo minha impressão da obra.

      • Maurilei Teodoro disse:

        Uma hora dessas lerei novamente. Vai que tenho uma impressão melhor da obra.

Deixem o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s