Resenha: King of Thorns, de Mark Lawrence

King of Thorns capaTítulo: King of Thorns

Autor: Mark Lawrence

Publicação: 07 de agosto de 2012

Número de páginas: 449 páginas

Editora: Ace Books

ISBN: 9781937007478

King of Thorns é o segundo livro da trilogia The Broken Empire. A trilogia chega neste mês de setembro ao Brasil pela editora DarkSide Books com o lançamento de Prince of Thorns no próximo dia 20. A série recebeu no Brasil o nome de Trilogia dos Espinhos, alusão à palavra thorns (espinhos), que aparece nos títulos em inglês.

A trama de King of Thorns é contada no mesmo padrão de narrativa do primeiro livro, ou seja, com dois diferentes períodos de tempo distintos e dispostos no livro de forma intercalada. O narrador principal é novamente o protagonista Jorg Ancrath, agora em uma nova posição e com um novo objetivo a ser alcançado. Porém, um novo ponto de vista entra na estória e nos apresenta outros fatos ou os mesmos fatos narrados por Jorg, mas sob uma ótica diferente.

Curiosamente, os eventos que dariam seqüência à trama de Prince of Thorns são contados por Jorg nos capítulos que narram o passado. A trama principal acaba sendo o momento presente, passado quatro anos depois dos eventos do primeiro livro.

O começo da trama, nos dois períodos de tempo em que é narrada, me deixaram confusa. A trama parece ser contada de forma picada, sem muita coerência. Você nota que é por causa do estado mental do Jorg e isso é feito de uma forma magnífica, com bastante momentos de devaneios do protagonista e muitas divagações. Sem dúvida a narrativa não linear, ora no presente, ora no passado, contribuiu para esse minha confusão. À medida que a estória prossegue e novos fatos nos são mostrados, a trama vai sendo completada de uma forma bem natural, sem correria e com excelentes trechos. Tudo começa a fazer sentido e alguns fatos que indicam a trama do próximo livro começam a aparecer.

Quanto ao mundo construído por Mark, eu já havia falado o quanto achei interessante o fato de ao invés de ele criar algo um mundo diferente bem ao estilo da Alta Fantasia, ele preferiu criar uma versão diferente do nosso próprio mundo. Em King of Thorns, aparecem mais referências aos nossos filósofos e pensadores; mais nações, povos e variedade de étnicas são mostrados, mas tudo muito rapidamente e para cumprir o propósito de mostrar a missão de Jorg. Não me lembro se mencionei isso na resenha do primeiro livro, mas outro indicador do mundo onde se passa a trilogia ser uma versão do nosso está no mapa, nos nomes dos locais e também na menção à Guerra dos Cem Anos. 

O elemento sobrenatural, característica marcante dos livros de Dark Fantasy, se mostra bem mais presente em King of Thorns. Contudo, a personalidade do protagonista e o seu estado mental ainda são o ponto forte da trama como mencionei acima. Jorg passa por um processo interessante onde começa a ter consciência das suas ações (aquelas do primeiro livro) e se poderia ter agido diferente em muitas situações. Sem dúvida, o fator cronológico pesa bastante nessa nova fase da vida dele.

Uma coisa que me chamou a atenção e já tinha sido rapidamente mencionado no primeiro livro foi a prova de que, em algum momento, o mundo onde acontece a estória passou por um avançado desenvolvimento da ciência. Alguns instrumentos e invenções lembram muito dispositivos do nosso mundo e há um experimento em particular que nem na nossa era atual foi desenvolvido. Isso me surpreendeu porque esse desenvolvimento científico parece compreender o mesmo desenvolvimento e invenções de diferentes períodos do nosso mundo, mas acontecidos em um período parecido, pelo menos assim eu penso, com a nossa Idade Média ou Idade Moderna na qual a trama do livro se passaria.

King of Thorns é uma excelente continuação, o livro tem uma escrita mais leve do que o primeiro livro, com um pouco mais de humor, tudo refletido no estado de espírito do protagonista Jorg Ancrath, mas o livro não ganha aspectos de comédia e muito menos perde em drama e tensão. Pelo título fica fácil deduzir em que nova posição Jorg se encontra. Eu recomendo a leitura da trilogia. Gostei muito dos dois livros e estou bem ansiosa pelo terceiro. Se não é original, pelo menos Mark mostra ter uma criatividade enorme e um estilo de escrita bem interessante.  

Por fim, lembro que Emperor of Thorns, terceiro e último livro dessa densa trilogia, foi lançado no dia 1º de agosto no Reino Unido, e no dia 06 de agosto, nos Estados Unidos (sobre a publicação brasileira falei no começo da matéria). Só estou esperando meu livro chegar para terminar para continuar a minha leitura. Estou ansiosa para ver do que mais o jovem Jorg Ancrath é capaz.

.:.Abraços e até a próxima.:.  

Sobre Cassy Teodoro

Administradora e resenhista deste digníssimo blog. Aes Sedai da Ajah Verde, Curadora das Crônicas da Torre Branca e fiel ao Lorde Dragão Rand al'Thor.
Esse post foi publicado em Fantasia e Ficção Científica, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

22 respostas para Resenha: King of Thorns, de Mark Lawrence

  1. Zohar disse:

    Ainda não li essa trilogia. Ê falta de tempo rs

  2. Tantos bons livros, tão pouco tempo. Sem falar que com tantas compras nos ultimos tempos a minha carteira anda tão vazia que se eu solta-la, ela sai flutuando junto com o vento.

  3. Ois Cassy,

    Até me custa ler esses comentários e saber que é uma saga que não tem por cá, parece-me bem interessante🙂

  4. Essa é uma série que estou muito interessado em conhecer. Ando querendo ler esse livro até mais do que “O Olho do Mundo”

  5. Cassy acho que nunca te dei os parabéns pelas suas resenhas, que acho muuuuito daora, vc escreve muito bem, quem me dera eu conseguisse também, kkkk, e é uma pena eu não poder ler essa nem as do WoT, por causa de spoilers por não ter lido os livros anteriores.🙂

    • Cassy disse:

      Obrigada, Adriano. É difícil fazer resenhas de livros em série, justamente porque, sem querer, acabam sendo citados fatos dos livros anteriores. Eu tentei evitar isso e até o momento não vi ninguém aqui reclamando de spoilers rsrsrs. Mas fique a vontade para ler quando vc for terminando cada livro. Quero muito saber a sua opinião.

  6. Comprei esse livro a alguns dias, alias, para ser mais preciso comprei na ultima quinta-feira, dia 31 de Novembro, não conhecia a editora Darkside books, nem tão pouco nada relacionado ao autor Mark Laurence, mas algo na capa do livro e na leitura de algumas páginas, ou até o trabalho especial feito na encadernação me cativaram e acabei comprando.
    Hoje fazem exatamente 5 dias, fiz duas viagens a trabalho e estou correndo com as vendas de final de ano aqui na loja, mas não sei como consegui arranjar tempo e estou perto do fim do primeiro livro e louco para ler a sequencia. Na home page da editora não consigo ver previsões de lançamento do segundo volume no Brasil… estou muito ansioso!!!
    Recomendo totalmente. O Livro é excelente, a trama é muito bem contada e as narrativas tiram o folego de qualquer um.

  7. Terminei agora a pouco de ler Prince of Thorns pela edição (mt bem feita) da darkside e estou muito ansioso pela continuação. Essa trilogia realmente vale a pena😉

  8. juan disse:

    Quando vai lançar o segundo livro aqui no Brasil? terminei o primeiro e estou louco pela continuação

  9. Realmente, essa confusão em saber em q terra e período se passa a narrativa é o q empobrece o primeiro livro, com algumas referências a filósofos contemporâneos e outras coisas q fogem ao perído medieval, contudo, as narrativas mágicas e de seres místicos é muito boa e a pouca humanidade de Jorg tmb é um caso a parte, no aguardo desse segundo livro!

  10. Maurilei disse:

    Em minha opinião, o padrão alto de qualidade continua neste segundo livro da trilogia, mas ainda prefiro o primeiro, questão de gosto mesmo, porque esse é muito bom também.

    bomlivro1811.blogspot.com,br

    • Cassy Teodoro disse:

      O começo de King of Thorns é do tipo que te faz pensar: “que m***a esse autor está fazendo aqui?” rsrs O texto parecia não fazer sentido e quando tudo começou a se encaixar, inclusive com fatos do primeiro livro, foi fantástico.

Por favor, deixem os seus comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s