Resenha: Os Salvadores do Planeta, de Marion Zimmer Bradley

Título: Os Salvadores do Planeta

Título original: The Planet Savers

Autora: Marion Zimmer Bradley

Publicação: originalmente em 1962

Número de páginas: 313 páginas

Editora: Imago

ISBN: 9788531207204

Os Salvadores do Planeta é um livro da série de ficção científica Darkover, de autoria da escritora Marion Zimmer Bradley. A edição lida para esta resenha contém, além da novela Os Salvadores do Planeta, o conto A Cachoeira e o romance curto A Espada de Aldones

Começando pelo Os Salvadores do Planeta. Trata-se de uma novela, portanto, um texto bem mais curto do que o convencional romance, onde a autora nos apresenta alguns interessantes cenários do mundo de Darkover e aborda o tema dos problemas mentais representados pela dupla personalidade do Dr. Jay Allison, Jason Allison.

Durante uma jornada para uma experimento médico, Jason aparece diversas vezes e acaba sendo uma boa forma da autora explorar a profundidade dos sentimentos humanos, pois seja como Jay, seja como Jason, o personagem deve cumprir a sua tarefa e se relaciona com os outros personagens integrantes do grupo de pesquisa.

Apesar de ser uma história com uma premissa interessante e boas cenas, não consegui me envolver tanto quanto gostaria, pois acho que faltou aquela parte da escrita mais profunda que a Marion é especialista em fazer mesmo em textos bem mais curtos. Pode ser pelo fato de Os Salvadores do Planeta, embora seja o primeiro volume na ordem de publicação, ter a sua narrativa no meio da série, lá pela décimo nono posição na saga.

O desfecho é bem intrigante e parece deixar margem para mais histórias dentro do tema.

Em seguida, temos o conto A Cachoeira. É um conto com uma excelente premissa, que, provavelmente, teve como base algumas lendas e mitos do nosso mundo real e que trata de um certo acontecimento envolvendo a sedução de homens e a exploração de seus medo por uma força, um poder não detalhado pela autora.

Apesar de ter uma temática aparentemente sombria, pensando na premissa, o texto acaba por não ser assim tão sombrio e ganhou uma aspecto mais sexualizado. A narrativa parece um pouco vazia, como se o texto tivesse sido revisado ou cortado antes de ser colocado à disposição do leitor, não correspondendo também ao modo como a autora costuma narrar suas histórias. Uma pena.

Mesmo assim, acaba sendo um texto com uma exploração bacana sobre questões culturais e conflito de gêneros.

Por fim, A Espada de Aldones. O texto é um romance mais curto e mostra uma melhor narrativa por parte da autora. A boa exploração do universo Darkover, bem como os conflitos mais voltados para o lado político estão presentes e levam o leitor para um outro nível dentro do livro.

Na história, temos Lew Alton voltando para Darkover, depois de uma longa ausência, e colocando sua vida em ordem, após a morte de sua esposa. A narrativa trata também da rebelião Sharra, do paradoxo de rhu fead, além de fazer algumas revelações sobre Lew, fazendo com que ele mude um pouco os seus planos.

O desfecho é bom e bem condizente com o que foi contado. Destaque para o personagem Regis Hastur que ter aparição constante na série e também está presente em Os Salvadores do Planeta.

Para terminar este post, deixo a minha recomendação para os fãs de ficção científica e para os fãs da Marion Zimmer Bradley.

.:.Até mais, gente!.:.

Este post foi escrito ao som do álbum Once, da banda finlandesa Nightwish.

Sobre Cassy Teodoro

Constant Reader. SJW. Green Ajah.
Esse post foi publicado em Ficção Histórica/Romance Histórico, Resenhas, Romance e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Resenha: Os Salvadores do Planeta, de Marion Zimmer Bradley

  1. Memórias ao Vento disse:

    Republicou isso em Memórias ao Vento.

Deixem o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s